Primeiras impressões - LEXUS de Paulo Henrique Bragança

21:37


Lexus: o despertar da escuridão

Imagem: capa do livro, disponibilizada pelo autor
Olá, leitores! Hoje vou fazer um post um pouco diferente. Não é resenha, mas é quase!
O autor Paulo Henrique Bragança está fazendo a divulgação de seu novo livro, Lexus, que será lançado no dia 17/12, e convidou blogueiros literários para participar - eu sou um desses blogueiros ^^. A ideia consiste em ler os dois primeiros capítulos do livro e divulgar as impressões a partir da leitura. Abaixo, segue a sinopse de Lexus:

SINOPSE: A cidade de Campos Elíseos parece o paraíso na terra; escolas de qualidade, sistema de saúde exemplar. Um verdadeiro símbolo de prosperidade. Bianca, uma adolescente de 17 anos vive lá com sua família. Seus pais trabalham no Laboratório Lexus, principal responsável pelo desenvolvimento da cidade. Certo dia, os pais de Bia precisam viajar a negócios. Influenciada pelas amigas, Bia resolve dar uma grande feste, mas algo muito mais assombroso acontece naquela noite; a cidade sofre um atentado terrorista. Criaturas começam a surgir das sombras e o terror se espalha pela cidade. Conseguira Bia sair daquele inferno e salvar as pessoas que ama? E seus pais, o que acontecera com eles?

Uma história de zumbis que arremete aos grandes clássicos do cinema e dos videogames

***

De início, achei que essa experiência de falar sobre um livro sem ter lido na íntegra não seria legal, pelo fato de ser ruim julgar um texto sem saber do desfecho de sua narrativa, nem o desenrolar dos fatos ou a evolução dos personagens. Contudo, o convite do Paulo foi muito gentil, e pesou na minha consciência o fato de eu dificilmente falar sobre autores brasileiros aqui no Leituras e Gatices, logo, resolvi embarcar nessa experiência.

A história é ambientada na cidade Campos Elíseos, um lugar com boa infra-estrutura e com uma qualidade de vida acima da média das outras cidades. A narrativa começa com um clima feliz, do tipo comercial de margarina. Bia, a protagonista, é uma garota de 17 anos, em fase de pré-vestibular, típica adolescente que gosta de ouvir música e ficar nas redes sociais. Seus pais e o irmão Lucas, apesar de estarem sempre pegando no pé uns dos outros, aparentam se amar e conviver pacificamente. De início, podemos acompanhar a rotina de Bia: a escola, as amigas, os pequenos conflitos, etc.. Mas, de repente, a história assume um tom mais grave. Com seus pais fora de casa, Bia decide dar uma festa na casa deles, contudo, na noite anterior, sua amiga aparece em sua porta aos prantos pois seu pai havia batido em sua mãe e seu irmão. Apesar disso, a parte que pude ler acaba aí, não consegui descobrir como acontece o ataque terrorista e não pude ler sobre as criaturas nas pouquíssimas páginas às quais tive acesso. 
Nem um indício da tragédia está presente na amostra, logo, não tenho muito o que comentar sobre o enredo. Posso falar um pouco dos personagens, que achei bem construídos, apesar da simplicidade da escrita do autor. Paulo tem uma estilística boa, com uma narrativa que intercala bem os diálogos e a descrição dos cenários e personagens. Fiquei triste pois queria saber um pouco mais da história, mas vou ter que esperar o lançamento, então. Adoro ficção científica, e zumbis fizeram parte da minha infância como assídua jogadora de Resident Evil ^^. Atualmente, este é um gênero que estou meio distante, mas pretendo reatar minha relação com as histórias de terror!
Sobre o livro, já pude sentir a tensão que estava por vir nas últimas cenas que li, logo, acredito que a personagem Bia passará por mal bocados e precisará amadurecer muito para enfrentar as criaturas e proteger aqueles que ama. Será que ela se tornará uma heroína? Ou precisará ser defendida pelo irmão mais velho? E seus pais, chegarão a tempo de o ataque acontecer ou ficarão na angústia de terem deixado os filhos sozinhos em Elíseos? Dúvidas, dúvidas, dúvidas... Que só serão sanadas com a leitura do livro, até lá, curiosidade!

***

Sobre o autorPaulo Henrique Bragança, natural do interior de Minas Gerais, desde que aprendeu a ler não largou mais os livros. Começou sua carreira literária escrevendo resenhas e contos no blog Estante Jovem e após boa aceitação de seus contos resolveu arriscar-se em uma aventura maior.
Lexus”, seu primeiro filho literário, será publicado em breve pela Editora Arwen. E claro, não pensa em parar por aí. 

Contos publicados em Antologias:

Conto de Um Natal Sem Luz – Editora Ixtlan
Paralelos – Editora InVersos
Sombras e Desejos – Editora Ixlan
Noites Sombria – Darda Editora


E-mail: paulohenriquebraganca@gmail.com


Beijinhos, Hel.

You Might Also Like

14 comentários

  1. Olá! Bom, como não é bem uma resenha, essa expectativa de se o livro é bom ou não me deixa na dúvida se eu leria ou não esse livro.
    Assim de início não me animou muito, não gosto de zumbis. XP
    Mas, esperemos o lançamento para ver~ ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Paula!
      Também não me animou muito, acredito que a parte mais legal eu não pude ler!

      Beijos!

      Excluir
  2. É sempre bom conhecer autores novos, principalmente se forem nacionais. A parte boa de ter acesso apenas a algumas páginas do livro é que atiça ainda mais a curiosidade, a ruim é que as expectativas podem atrapalhar e levar à frustração com a história. Mas acho que podemos nos decepcionar com qualquer livro, então penso que vale a pena arriscar. Achei interessante o enredo ^^

    imaginaivy.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ivy! Pois é, também consegui enxergar essa parte ruim e boa dessa experiência. E as expectativas são as grandes vilãs da minha vida! Hauhsuahs

      Beijos ^^

      Excluir
  3. Não gosto muito de zumbis, mas gostei de ler sobre suas primeiras impressões sobre o livro.

    Beijos,


    http://sweetlikecaramel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nazaré! Que bom que você gostou de ler!

      Beijos!

      Excluir
  4. Gostei da temática do livro. Parece bom, emocionante e com muita ação. Realmente a personagem principal parece que vai passar por poucas e boas. kkkk Eu também tinha esse receito de provinhas, mas me acostumei. Um livro bom já dá para se perceber nas primeiras páginas!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paloma. Que bom que você gostou, quem sabe quando lançar você adquire o livro e pode descobrir o que acontece com a Bia ;)

      Beijos.

      Excluir
  5. Respostas
    1. Oi, Thalita. Eu também, acho que vem tiro, porrada e bomba por aí nessa história, hahahaha!!!

      Beijos!

      Excluir
  6. Parabéns pela escrita. Não é meu estilo de leitura, mas parece ser um livro muito bom. Vamos valorizar nossos escritores, sempre. bjnh.;-)

    ResponderExcluir
  7. Oi Helena, vim conferir sua opinião.... bom,eu gostei da temática.... estou aguardando o livro para a leitura... mas eu vou saber o q acontece com a Bia... hehehehehe..... Espero gostar...

    www.belasterapias.com.br

    ResponderExcluir

Deixe um comentário! Eu vou adorar saber a sua opinião e com muito prazer te responderei :)